Fundadoras

Diretora e Profª. Drª. Danise Grangeiro

Inglês e Português

É formada em fonoaudiologia, tem pós graduação em Psicopedagogia. É mestre em Psicologia (bolsita da FUNCAP) e doutora em Ciencias de la Educacíon (Universidad de Buenos Aires). Investiga histórias de vida, experiência, sabedoria, memória e aquisição da aprendizagem após os 60 anos de idade. Fundadora da Escola de idiomas Easy to Learn em Fortaleza, Ce. Professora de inglês e português desde 1997. Morou nos EUA em 1992 e em 1996 e desde 2010 mora em Buenos Aires. Mãe de duas filhas bilingües e observadora constante da aquisição de linguagem oral e escrita das mesmas.

Acredita imensamente nas capacidades do ser humano: aprender, ensinar, pensar e se comunicar. Na sua experiência com a educação, descobriu duas ferramentas extremamente importantes no processo de ensino-aprendizagem: o sentido do conteúdo ensinado e as histórias de vida. Para ela, a aprendizagem significativa acontece quando encontramos o sentido do aprendizado nas nossas vidas. Quando há vida dentro das aulas, tudo se torna mais compreensível, mais atingível e mais claro.  Encontramos o sentido do aprendizado quando nossa história de vida e as nossas experiência estão implicadas nos conteúdos ensinados.

 

 

Profª. Namíbia de Ana

Francês, Português e Inglês

Trilíngue (inglês, francês e português) apaixonada por idiomas e seu aprendizado, foi professora de idiomas em Fortaleza durante 6 anos no SENAC, YES e Easy to Learn. Morando desde 2007 em Paris, decidiu se dedicar à sua paixão e acompanhar outras pessoas na incrível viagem que é trazer um novo idioma para nossas vidas.

Por estudar e observar a aquisição da linguagem em crianças, acredita que a exposição ao idioma e a necessidade de usa-lo são determinantes para o bom aprendizado. Por praticar tantos idiomas acredita que novas línguas trazem consigo um novo modo de pensar. Só aprendemos uma língua quando ela tem um sentido em nossas vidas. Ao mesmo tempo, aprender uma outra língua pode trazer mais sentidos à nossa vida.

Depois de uma especialização em Bilinguismo infantil, na faculdade de Psciologia da Université Paris Descartes, Namibia trabalha atualmente na associação Herança Brasileira, apoiando as familias na transmissão do Português como Lingua de Herança (POLH).

 

Professores

Coordenadora e Profª  Soledad Dubini

Espanhol

soledad-site

Nasceu em Buenos Aires, Argentina. Estudou jornalismo na TEA (Taller Escuela Agencia). Obteve seu “Licence Arts, Lettres et Langues”, tem especialização em literatura e civilização na língua espanhola (“Université Lumière Lyon II), Franca; e mestrado na “Investigación y Docencia en Estudios Feministas, de Género y Ciudadanía” (Universitat Jaume I), Espanha.

Sua curiosidade por conhecer novas culturas e seu espírito aventureiro fizeram com que vivesse longas temporadas nos EUA, México, França, Espanha, República Dominicana, Grecia, Santo Eustáquio (Antilhas Holandesas) e Brasil.A experiência como professora de espanhol foi lograda na França, onde viveu durante 10 anos e trabalhou com pessoas de diferentes idades, com crianças e com aposentados.

Por sua própria experiência, considera que para aprender um novo idioma, o melhor método é fazer como fazem as crianças: aprender primeiro a falar, e logo depois adquirir a gramática de forma indireta e progressiva. Para ela, a aprendizagem de um novo idioma permite a abertura de um universo enriquecedor. Esta aprendizagem pode chegar por diversos caminhos: cozinhando uma nova receita, descobrindo novos ritmos, artistas ou políticos internacionais, ou simplesmente caminhar por uma cidade.

As chaves para lograr esta nova aprendizagem? Não desistir, perseverar e desfrutar das pequenas conquistas pessoais.

 

Coordenadora e Profª. Drª. Gimena Pérez

Francês y Espanhol

gimefoto

Nasceu em Montevidéu, Uruguai. É Doutora em Psicologia (Université Lumière Lyon II, França e UFRN, Brasil) e possui mestrado em Psicologia Intercultural pela mesma Universidade francesa. Trabalha e pesquisa assuntos que dizem respeito à identidade cultural e linguística das pessoas que habitam os espaços fronteiriços (fronteira franco-suíça e fronteira Uruguai-Brasil) assim como o desenvolvimento de competências profissionais nesse tipo de contextos qualificado por ela de “híbridos”. O hibridismo linguístico dessas regiões (principalmente aquele da fronteira Uruguai-Brasil) a levou a pesquisar as relações que se estabelecem entre línguas normalizadas (português e  espanhol) e dialetos locais (Português Gaúcho da Fronteira e Portugués del Uruguay ˗mais conhecido como portunhol).

O desejo de conhecer outras culturas e outras formas de vida a levou a morar na França, no Brasil e na Catalunha. O fato de ter aprendido várias línguas estrangeiras faz com que Gimena considere que o aprendizado de uma nova língua é um desafio repleto de aventuras, descobertas e emoções. Nesse processo não se aprendem apenas novas palavras mas também novas formas de sentir e de viver essa língua. Como explica Borges (1972), “um idioma é uma tradição, um modo de sentir a realidade, não um arbitrário repertório de símbolos”. Assim, aprendente e educador se enriquecem mutuamente e o conhecimento já não é mais uma exclusividade do professor mas se constrói conjuntamente através de cada encontro, de cada palavra e de cada emoção.

 

 

Profª. Maia Zietzke

maia

Espanhol

Nasceu na cidade de Mar del Plata, província de Buenos Aires, Argentina.  É professora de nível inicial (título recebido na I.S.F.D “Pinos de Anchonera”) e estudante de Psicopedagogia. Desde 2004 reside em Buenos Aires.

Tem participado de cursos, oficinas e congressos sobre as diversas problemáticas que enfrenta a educação nos nossos dias. O trabalho com crianças pequenas despertou seu interesse por investigar como contribuir na elaboração de propostas que possibilitem melhores oportunidades de aprendizagem.

Acredita que deve exercer sua profissão encarando o desafio e a responsabilidade de apresentar aos seus aprendentes os conteúdos como:  saberes abertos, incompletos, imperfeitos, passíveis de revisão e recreação. Para isso, direciona sua tarefa em propostas lúdicas, criativas e significativas, onde os aprendentes possam ser capazes de se apropriar daquilo que vai aprender.

A experiência de todos estes anos lhe permite pensar que a forma de aprender um idioma é muito semelhante ao que é usado em seus projetos em salas de aula. Acredita numa aprendizagem estimulada a partir da curiosidade, do jogo, das atividades simples e da vida cotidiana. Considera que ensinar um novo idioma permite enriquecer sua prática e permite também compartilhar com outros a sua vocação, ressaltando que ambos os protagonistas (aprendente e educador) tenham como objetivo ir avançando e progredindo e não buscando a perfeição.

 

Profª. Isabel Fonta 

Inglês e espanhol

De nacionalidade Espanhola, Isabel é formada como professora de inglês, intérprete e tradução pela Faculdade CVA. A mesma também possui título de graduação em administração e gestão e turismo.  Após conhecer vários países da América Latina e entrar em contato com suas respectivas culturas, se estabeleceu no Brasil.

Foi professora de línguas estrangeiras pela Dove Family Foundation por 8 anos. Tem conhecimentos sobre a metodologia Montessori que ajuda e inspira a professora nos planejamentos das suas aulas, especialmente para alunos de 3 a 10 anos.

É mãe de duas filhas lindas, fluentes no espanhol, inglês e português. Dentro de casa, mantém um ambiente trilingue e multicultural. Acredita que aprendemos uma língua estrangeira através da conversação e que a escrita vai acompanhando a oralidade de forma espontânea. Defende a idéia de que não aprendemos uma outra língua de forma rígida, e sim, através de brincadeiras e muita diversão.

 

 

Profª. Gaby Papa

Inglês e Espanhol

Olá! Essa é a professora Gaby da Guatemala. Ela sempre se viu como educadora e sempre, desde da sua infância, se diverte sendo bilíngue. Ela era aquela criança que os amigos buscavam quando tinham qualquer dúvida em inglês. Essa é uma das razoes pelas quais a Gaby decidiu ser professora. A mesma tem certificação do TESOL e TEFL teacher na EBC Learning Europe de Cambridge.Gaby tem como meta constante seu desenvolvimento pessoal. Apaixonada pela

 

 

Profª. Drª. Lana Nobréga

Inglês e Português

É formada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo (UNIFOR), mestre em Psicologia (bolsista Prosup-CAPES, pela UNIFOR) e doutora em Ciências Sociais (bolsista CNPq, pela UNESP-FCLar). É professora de inglês desde os 18 anos de idade e professora Universitária multidisciplinar desde 2009, na graduação, e em Pós-Graduação Latu Senso e Stricto Senso e Pesquisadora nas áreas de Gênero (construções sociais, estigma, preconceito, inscrições sociais do feminino, LGBTs e construção social de gênero), Psicologia Ambiental (relações humano-ambientais e significados ambientais) e Literatura (análise do espaço e gênero em obras literárias).
É também blogueira, youtuber e escritora de coisas da vida e do coração.
Acima de tudo, acredita que estamos aqui para aprender, para refletir e para sorrir muito! Acredita na leveza da vida (e que a gente precisa exercitar essa leveza sempre!) e que aprender um novo idioma é abrir o coração para todo um novo mundo de possibilidades e olhares.
Acredita que somos do tamanho da nossa capacidade de comunicação e, por isso mesmo, crê que quando a gente se inclina a aprender um novo idioma, as distâncias do mundo ficam um pouco menores: aprender sempre nos aproxima.
É apaixonada por pessoas, histórias, livros, bichos e lugares e adora escutar sobre o canto de mundo de cada um – que é sempre diferente do nosso e sempre nos faz aprender.
Acredita que empatia e sensibilidade são as palavras mais importantes do mundo e que elas nos ajudam a enxergar melhor.